EnglishItalianPortugueseSpanish

Trabalhar em casa é a melhor opção?

A parte do home office que ninguém conta…

Com o início da pandemia, muitas empresas adotaram o sistema de home office. Sabemos que essa modalidade de trabalho é apreciada por muitos, mas nem sempre tudo são flores. Casas onde moram muitas pessoas, casas com animais de estimação e com crianças, costumam não ser um ambiente ideal para um dia de trabalho tranquilo e produtivo.

Imagine a seguinte situação: Você trabalha em home office e terá uma importante reunião com a sua equipe, com direito a participação do chefe. Você começa colocando uma roupa adequada, pega o notebook e abre a reunião, que terá câmera ligada. Reunião começou quente e diversos assuntos são discutidos, até que um familiar liga a TV com o volume nas alturas. Você sem graça, pede desculpas para os participantes, e pede para se ausentar por 2 segundos. De forma educada fala com o sujeito da “audição comprometida”:

-Fulano, poderia diminuir essa tv por favor? Tô em reunião!

Ok, feito! Som da tv ajustado e reunião segue fluindo. Chega sua mãe, que resolve dar aquela aspiradinha breve na casa:

– Zuuuuuuuuu… (som do aspirador)

Logo ela desliga, porque lembrou da sua reunião. Desta vez você se faz de besta e finge que nada aconteceu. Porta abre… Entra criança, cachorro, pato e papagaio… Puta merda! O cachorro já entra latindo e a criança entra cantando feliz, querendo chamar sua atenção. E você com carinho, pede um tempinho e diz que logo irão brincar. Novamente você se desculpa com a equipe, com um sorriso amarelo e segue acompanhando a reunião, rezando para que mais nada aconteça…

Já se passaram 10 min e a criança já começa a ficar entediada com a espera. E assim começa a tocar o terror! Joga brinquedo, grita, chora e faz malcriação. Você coloca o microfone no mudo, chama desesperadamente para alguém vir retirá-la de cena. Pronto, chegou seu familiar fazendo participação especial na reunião, trajando a pior vestimenta possível, cabelo bem desgrenhado, parecendo bastante irritado, porque também estava ocupado e recolhe a criança, que nessa altura do campeonato já se despede aos berros. E você ali, encarando a tela, fingindo a maior naturalidade possível, enquanto os colegas de equipe te olham cada um com a sua particularidade. Seja disfarçando a vontade de dar aquela gargalhada, seja com olhar de reprovação, de espanto e um ou outro tendo uma certa compreensão.

Finalmente a reunião chegou ao fim! Você se despede com um até breve, rezando para que esse breve nunca chegue…rs

Imaginou a cena? Tá rindo aí? Pois eu também…hahahaha

Tudo isso é real! E cenas parecidas tem se repetido com frequência. Para muitas pessoas o trabalho em casa tem sido um grande desafio. Tentei compartilhar de uma forma simples e engraçada, essa nova rotina que muitas famílias têm aprendido diariamente a lidar.

E se você também está trabalhando em home office e sua rotina de trabalho tem sido tranquila, seja grato por isso. Mas lembre-se de ter empatia com aqueles que não possuem o mesmo ambiente. Respeite a rotina e o horário de trabalho do próximo e jamais julgue qualquer situação adversa que você presencie. E toda vez que um colega te falar que não tem sido fácil, acredite! E tente de alguma forma tornar o dia dele melhor. Tem vezes que uma simples conversa, já faz com o que outro se sinta acolhido.

– por Viviane Fragoso

Viviane é administradora, brasileira, casada e mãe de três filhos. Ela representa tantas mulheres que trabalham fora e ainda tem uma rotina agitada em casa, cuidando da família. Conheça mais sobre a autora desse texto: Instagram @vivifragoso

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin