EnglishItalianPortugueseSpanish

Solidão ou Solitude? Entenda a diferença

Escolha a assertiva correta para sua vida

O sentimento de solidão é provavelmente, um dos mais devastadores que podemos experimentar. Estar ou se sentir sozinha provoca a sensação de medo e incapacidade, além de transmitir a sensação de que não somos amadas. Tentando evitar esse sentimento, algumas pessoas se esforçam para encontrar alguém a qualquer custo ou para estarem sempre acompanhadas, muitas vezes aceitando migalhas de amor e atenção simplesmente para não se sentirem solitárias. No entanto, existe um outro lado da moeda que nos faz ressignificar esse processo de estar a sós.

A solitude é um conceito que implica escolher ser ou estar sozinho. Isso não significa uma escolha definitiva ou um afastamento radical das outras pessoas, mas sim, gostar da nossa própria companhia. É uma atitude, uma escolha feita por nossa própria vontade a fim de curtir os momentos em que estamos sem ninguém por perto.

Nós já sabemos que as pessoas vêm e vão, e que ninguém é definitivo em nossa vida. Até mesmo os amigos fiéis ou os companheiros leais às vezes precisam se distanciar por diversos motivos, ou nem sempre estão disponíveis para nos fazer companhia. Nessa situação, existem duas opções: abraçar a melancolia e lamentar o fato de não ter alguém por perto, ou aproveitar o momento para fazer algo para si mesma. É aí que entra a tal solitude. Seja ler um livro, beber um vinho em casa, ir ao cinema ou sair para jantar, existem várias possibilidades que permitem um momento agradável em sua própria companhia.

Atitudes como essas podem te ajudar em diferentes momentos da nossa vida, desde a necessidade de se mudar para uma cidade nova onde ainda não conhece ninguém até o fim de um relacionamento amoroso. Em vários momentos vamos estar desacompanhadas, e só nós podemos decidir o que fazer nessa situação. Nós devemos ser nossas principais companhias.

Se conheça:

Saber quem nós somos é um passo fundamental para tornar agradáveis todos esses momentos a sós. Entenda que esse é um tempo de reflexão, em que você irá olhar para dentro a fim de perceber o que está precisando. Prepare uma receita que você goste ou se dê ao luxo de se convidar para jantar em seu restaurante favorito. Invista em rotinas de autocuidado, seja fazer as unhas ou skincare, ou aproveite para relaxar assistindo a um filme ou maratonando uma série.

Escolha atividades que te deixem tranquila e feliz, sabendo que você é a sua prioridade. Muitas vezes gastamos tempo e energia cuidando dos outros e não nos cuidamos, não nos ouvimos e não prestamos atenção em nós mesmas. Aproveitar a solitude é justamente nos dar a atenção que merecemos.

Realize uma viagem sozinha:

Uma das experiências mais incríveis que expressam a solitude é viajar desacompanhada. Às vezes não encontramos a companhia certa para fazer aquela viagem dos sonhos, ou então simplesmente precisamos de um tempo conosco. Essa é a oportunidade para descobrir as delícias de estar sozinha. A liberdade de poder passar alguns dias consigo mesma se curtindo e se conhecendo é impagável. Essa atitude gera um sentimento de independência e autonomia, além de melhorar nossa autoestima. Planeje-se, escolha seu destino e faça as malas.

Se solidão tem a ver com dor, a solitude tem a ver com prazer. Aproveitar a solitude é saber que estamos completas em nós mesmas, plenas e satisfeitas com o que somos. Já tirou um tempo para você hoje?

_ por Layane

Layane é mineira, professora e escritora independente. Apaixonada por aprender e ensinar, conheceu cedo o encanto das letras e dos livros. Nas horas vagas, gosta de divagar sobre a vida, sobre o universo e tudo mais. Conheça mais sobre a autora desse texto no Instagram: @layanealmeidaaa

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin