EnglishItalianPortugueseSpanish

Planejar é necessário

O Planejamento diário também é uma ferramenta para o autoconhecimento

Já parou para pensar o quanto a sua rotina é planejada? O quanto do seu tempo é gasto com acasos que vem acontecendo no seu cotidiano? Uma pessoa que não busca uma boa rotina, que possa privilegiar suas prioridades, provavelmente não vai conseguir o equilíbrio necessário para realizar tudo que almeja.

Caso você não seja adepta a uma rotina vai achar esse texto bastante desafiador, mas essa é uma verdade que precisa ser falada e repensada. Pois o planejamento diário também é uma ferramenta para o autoconhecimento, fica a dica).

E aproveitando que estamos no início do ano, não existe momento melhor para começar a colocar em prática mais uma das especialidades do lado feminino da existência do Ying. Faz parte da força feminina o planejar, analisar e pensar em como as coisas devem ocorrer. A ação e aplicação é uma demanda mais Yang, é o lado masculino que exerce essa função.

Então se você é mais pautada na ação e não consegue planejar o que precisa ser feito, saiba que a sua força Yang está mais ativa que a Ying, e está na hora de buscar o equilíbrio entre essas forças.

Busque olhar para sua rotina com carinho e repense em quais os hábitos que você poderia colocar no seu cotidiano ou coisas, cursos e cuidados que você gostaria de acrescentar aos seus dias. Se olhar bem você verá que gasta muito tempo, e energia, com coisas que não gosta. E já está na hora de pensar em você, no que você gostaria de fazer para te deixar mais feliz.
Mas você poderá me dizer: imagina, ter tempo pra mim, me rotina é tão caótica. Tem trabalho, casa, crianças… Aí eu te direi: aí está então um bom treino para você. Será mesmo que tudo tem que estar na sua responsabilidade? Ninguém pode fazer o que você faria? Tem certeza?

Lembre-se do que falei no início deste texto, o planejar e repensar na sua rotina é uma forma de conhecer a você. Se você não pode contar com ninguém, ou não consegue pensar em você, também quer dizer muito sobre você, sobre quais são as suas prioridades.

Então, para a reflexão deste texto, fica esse exercício para você. Repense na sua rotina. Veja aonde você está direcionando a sua energia e veja se, realmente, contempla a mulher que você é, ou que ser tornar.

– por Carolina Dias

Carolina é mulher, negra, professora de línguas da rede municipal de SP, casada, estudiosa e curiosa. Acredita na força interior do autoconhecimento e do autorreconhecimento. Conheça mais sobre o perfil da autora desse texto no Instagram:@kroljuliana

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin