EnglishItalianPortugueseSpanish

O que é liberdade ?

Para ser livre é importante desenvolver a inteligência emocional

Autonomia, independência, desapego… Essas são algumas das características que uma pessoa passa a ter depois de se descobrir livre. Liberdade é, na prática, ter o direito de agir segundo nossa própria vontade, sem depender de terceiros e desde que não prejudique a ninguém. Porém, vários são os fatores que podem nos aprisionar, como o julgamento dos outros, relações tóxicas ou padrões sociais.

Nós, mulheres, temos toda uma trajetória de conquista de liberdades na esfera social. Direito ao voto, acesso à educação, condições dignas no trabalho, igualdade salarial, liberdades civis… Podemos pontuar vários eventos históricos decorrentes de movimentos revolucionários.

Porém, ainda existe um caminho a ser percorrido. E no âmbito individual, ainda podemos nos ver cercadas por várias circunstâncias que não nos permitem aproveitar essa liberdade. Você consegue identificar essas amarras?

  • Liberdade é ser consciente
  • A mulher costuma ter vários aspectos de sua vida controlados: a roupa que deve vestir, a carreira que deve escolher, se deve ter filhos ou não, sua vida sexual, seu corpo, entre inúmeras outras questões. Ter consciência de que somos as únicas responsáveis pelo nosso destino é o primeiro passo para a conquista da nossa liberdade. Ninguém pode decidir sobre nosso corpo, nossas escolhas e nossos desejos. Ninguém deve se sentir no direito de nos dizer o que fazer, como nos vestir ou como nos portar. Precisamos tomar consciência sobre quem somos e o que nós queremos para que possamos decidir com muita certeza qual é o nosso caminho sem nos deixarmos levar pela opinião de terceiros.

    Um relacionamento tóxico, uma criação muito rígida ou uma religião controladora podem ser alguns obstáculos em todo esse processo de busca pela liberdade. Nesses contextos, a liberdade deve ser precedida de muito autoconhecimento e principalmente, questionamentos. Reflita sobre tudo o que está a sua volta, tudo o que você ouviu a sua vida inteira e veja se faz sentido tudo o que já te ensinaram sobre a vida e sobre você mesma. Repense seus padrões de comportamento e as suas relações para tentar entender se, de alguma forma, as pessoas ao seu redor exercem uma influência exagerada sobre o que você pensa e a maneira com que se comporta. Torne-se uma mulher consciente!

  • Liberdade e responsabilidade
  • Muita gente relaciona liberdade com a permissão de fazer tudo o que quisermos e da forma que quisermos, e isso é um equívoco. A liberdade só é válida quando sabemos dosar o que convém e o que não convém fazer. Prejudicar os outros, quebrar leis e regras de convivências ou até praticar ações que nos prejudiquem são atitudes que não validam nossa liberdade, mas demonstram muita irresponsabilidade.

    Para sermos donas da nossa vida e nosso destino, é preciso que a gente desenvolva nossa inteligência emocional e nossa maturidade. Liberdade sem responsabilidade é certeza de que teremos problemas. Uma mulher livre não pensa em prejudicar os outros e preocupa-se muito em inspirar outras pessoas a serem como elas. E ela sabe que tem a liberdade tanto para escolher fazer alguma coisa, quanto para dizer não a uma situação ruim ou que afete as outras pessoas de forma negativa.

    Todas nós temos personalidades distintas, gostos diferentes e fizemos escolhas diferentes em nosso caminho. A única coisa em comum que devemos ter é o direito de poder fazer essas escolhas a fim de ser o que somos, sem julgamentos e com muito respeito. A liberdade começa em nossa mente e se espalha por todas áreas da nossa vida.

    – Por Layane Almeida

    Layane é mineira, professora e escritora independente. Apaixonada por aprender e ensinar, conheceu cedo o encanto das letras e dos livros. Nas horas vagas, gosta de divagar sobre a vida, sobre o universo e tudo mais. Conheça mais sobre a autora desse texto no Instagram:@layanealmeidaaa

    Share on facebook
    Share on google
    Share on twitter
    Share on linkedin