EnglishItalianPortugueseSpanish

Como vai o seu relacionamento?

Valorize sua essência na relação

Ah, os relacionamentos! Esse mundo a parte que compartilhamos com o outro. Existe algo mais complicado do que dois completos estranhos que buscam dividir, somar e aceitar suas particularidades por livre e espontânea vontade? E quantas vezes vemos e ouvimos a famosa frase: mas é preciso aprender a ceder num relacionamento. E é por causa dessa frase que vou pedir licença para a talentosa Carla Leardine, nossa colunista aqui do site no assunto relacionamentos, para puxar a brasa pra minha sardinha.

Você, cara amiga leitora, é do time que esquece quem é você numa relação? Ou do time que o comando é seu?

Umas das coisas menos citadas ou valorizadas e saber qual é a sua essência e a do seu/sua parceiro/a dentro da relação. Somos ainda tão influenciadas pelas histórias de casais inseparáveis, que gostam das mesmas coisas, que quando nos deparamos com a singularidade dos gostos, ações e atitudes do outro acabamos tendo uma das duas reações: recuar ou questionar. E não deveria ser assim. Nossos gostos, atitudes, conquistas e modo de pensar tem que ser respeitado e preservado nessa e em qualquer relação. Assim como o do outro também.
Volto ao início deste texto e reafirmo: são dois estranhos que estão buscando encaixar suas diferenças por livre e espontânea vontade.

Respeitar e ser respeita passa por isso também. Saber ouvir, compartilhar e valorizar quem é você e quem é o outro deveria ser um importante exercício para melhorar a relação. Não a tentativa, que já vai nascer frustrada, de tentar se encaixar no ideal do outro. Ou de mudar o outro a todo custo.

Por isso o diálogo para entender como o outro pensa e poder se colocar a respeito da relação deve ser o nosso exercício de fortalecimento dessa relação. Além de manter atividades separadas para que você e ele/a possam desenvolver seus gostos. Estar numa relação não deve anular a relação que você tem com você.

Espero trazer um novo ponto para a sua reflexão e que abra as portas para a sua jornada…e a de quem você ama!

– por Carolina Dias

Carolina é mulher, negra, professora de línguas da rede municipal de SP, casada, estudiosa e curiosa. Acredita na força interior do autoconhecimento e do autorreconhecimento. Conheça mais sobre o perfil da autora desse texto no Instagram:@kroljuliana

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin